domingo, 27 de abril de 2008

E a China?

Eu como um professor de Geografia, não poderia deixar de analisar a China com um olhar mais crítico, quando abordo sobre este país em sala de aula, faço questão de explicar que este "gigante asiático" não é as 1000 maravilhas como muitos pensam e como a mída passa. Dizer que crescimento econômico implica em desenvolvimento é pura besteira, ou história da Carochinha. Para se ter uma idéia, a China é adepta do sistema econômico comunista, este sistema tem seus pontos positivos e muitos ponto negativos, um deles seria a organização da sociedade: por ter uma população de 1.331.000.000 (um bilhão trezentos e trinta e um milhões de habitantes), o governo teve de estabeler uma organização de seres humanos a fim de movimentar economicamente esse batalhão de pessoas, e praticamente 3/4 da população chinesa tiveram que trabalhar no setor agrário para produzir alimentos para toda a população. No campo as pessoas tinham que conviver com o trabalho árduo e com a falta de condição apropriada de vida. Em contrapartida na cidade chinesa a condição de vida é melhor, e atualmente o "comunismo de mercado" (capitalismo controlado pelo governo) vem proporcionando a incorporação do costume ocidental aos chineses, um exemplo disso são as lojas do McDonalds espalhadas pelas grandes cidades. Porém o mais intrigante é o fato de haver os "ilegais" na cidade. Como assim? O que são ilegais? Bem, quem nasce na zona rural, deve crescer e trabalhar na zona rural e lá morrer, porém no campo a condição de vida é precária, o que faz com que muitos chineses migrem para as cidades, o que é considerado ilegal. Então essas pessoas empregam-se em serviços pesados como: a construção cívil, ou são escravizadas em lares chineses como empregados domésticos.
Existem dados sobre de Instituições Internacionas sobre a violência contra a mulher, segundo relato de pessoas que conheceram este país, as meninas são raptadas das suas famílias e levadas para outras regiões, onde se casam a força com homens mais velhos e são estupradas para engravidarem e continuarem com a consagração da geração familiar. Isso ocorre, pois a China adotou a política do filho único, o que dá direito a uma família ter apenas um filho, e por ser um um país machista as famílias preferem ter um filho homem, porque é o homem que leva o sobrenome da família e quem cuidará dos pais quando estes estiverem velhos. Conclusão isso gerou um enorme problema, pois quando as mães davam a luz a uma menina, esta na maioria das vezes era morta ou abandonada em um orfanato, o governo precisou até proibir o exame de ultra-som a fim de não serem cometidos abortos quando a gravidez era de uma menina. Trocando por miúdos, atualmente existem muitos homens e poucas mulher, estima-se que existem hoje três homens para cada duas mulheres, parece que não é um problema tão grave, mas se pensarmos de acordo com a população chinesa é sim, pois atualmente 40 milhões de homens estão em idade de se casar. A pergunta é: com quem? Faltam mulheres e eles correm o risco de permanecer solteiros e pior, não terem filhos.
Outro fato sombrio que ocorre na China é o controle da mídia e da internet, para se ter noção o governos chinês tem uma instituição pública que controla a web e todas as mídias do país, por exemplo: os canais de notícias internacionas não podem distribuir suas informações instantâneas sem passar pela agência de controle. A Tv a cabo na China é atrasada alguns minutos, para que esses inspetores possam analisar o conteúdo, e caso este seja sobre algum ponto negativo sobre a nação chinesa, o canal fica "preto" e sem som durante a exibição do assunto. Liberdade de Imprensa lá é nula.

Veja outros pontos que pra nós ocidentais é muito diferente:
  • Ver filme erótico pode dar cadeia (se você for pego, claro). Gays também são perseguidos por lá. Anúncios, passeatas ou personagens gays na TV são proibidos.
  • O que nós chamamos de boa educação e higiene não se aplica na China. Os banheiros são apertados, fedidos e com apenas um buraco no chão. As pessoas urinam no meio da rua. Soltar puns em público é a coisa mais normal do mundo.
    O que chama mais atenção é o hábito de cuspir : chineses cospem em qualquer lugar, e se você der mole, pode levar uma cusparada acidental, pois a medicina tradicional chinesa acredita que seja danoso engolir a saliva. E fuma-se até em aviões na China.
  • A questão ambiental na China também é preocupante, das 20 cidades mais poluídas do mundo, 16 são chinesas.
  • Os chineses são muito supersticiosos. Os andares 4, 14 e 24 de muitos prédios não existem, porque o ideograma do 4 é parecido com o da morte. Celulares terminados em 4 ou com muitos 4 são bem mais baratos, e muito utilizados por estrangeiros. Já o número 8 tem o ideograma que lembra o da prosperidade. Não é à toa que os jogos Olímpicos começarão no dia 8 de agosto de 2008, às 8:08 da noite.
  • Os bebês chineses andam com a bunda de fora. Sim, as roupas têm buracos no bumbum do bebê. E em último caso, vai na rua mesmo.

  • Segundo tradição do interior do país, homens que morrem solteiros têm a linhagem comprometida na próxima vida. Para evitar isto, os familiares tentam arrumar o chamado "minghun", ou casamento após a morte, enterrando uma noiva-fantasma ao lado do solteirão. Quanto mais nova a moça, melhor, e o preço pode chegar a US$ 2000,00, ou seja, muitas moças são assassinadas para que seus corpos sejam vendidos a fim de ocorrer este ritual.

Então agora posso falar que este "gigante asiático" como muitos economistas dizem, tem problemas socias gigantes. Espero que a mídia brasileira nos jogos olímpicos divulgue um pouco mais sobre a China.






2 comentários:

Junior Br disse...

É... Sociedades crescem como um organismo cancerígeno. A China é o maior deles.

Taiane Sestenari disse...

Há primeiramente quero dize que o Professor Denis além de ser super gente boa, ele é muito inteligente. Em tudo que ele tá dizendo no texto da China eu concordo plenamente, existem muitas coisas erradas que o jornalismo não mostra, só mostra o lado bom das coisas. Se fosse assim ninguém teria defeitos, é o que acho!

Ô professor quero também te fala que tu é 10 e nunca mude o seu jeito, se é legal pra caramba!

Você é um ótimo professor, é assim que nóis alunos precisamos de um professor que entenda os adolescentes e que saiba explica sempre!

Valeu professor Denis!

beijos de uma de suas alunas da Maria Joaquina, e se cuide. ;@~